A melhor forma para se proteger dos efeitos negativos do sol ainda é o uso do protetor solar. Principalmente na época do verão, onde não só os raios passam a incidir com mais frequência, como as pessoas passam a se expor mais, em passeios à praias, por exemplo. Mas a aplicação incorreta do filtro solar pelo corpo pode ocasionar a perda de sua eficácia, reduzindo seu efeito de proteção e de duração pela metade ou mais.

Desse modo, além de criar o hábito de utilizar o protetor solar com, no mínimo, 30 minutos antes de se expor ao sol, é necessário saber como passar, em que quantidades usar e quais os tipos de protetor para cada parte do corpo. Veja, no  infográfico a seguir, a quantidade ideal de filtro necessária para cada parte do corpo!

Como se proteger do sol no verão! - Solunni

Apesar do protetor em creme ser o que tem a proteção mais garantida, ele também é o mais oleoso, por isso o uso deste em partes do corpo que possuem maior oleosidade não é recomendado a fim de evitar o problema em excesso. Nestes casos, é recomendado o uso do protetor em gel, mas ele exige um maior cuidado na hora da aplicação devido à sua consistência e composição. Passá-lo com movimentos errados pode, ao contrário do pretendido, retirá-lo da pele, deixando áreas desprotegidas. Dessa forma, é recomendado que se passe esse tipo de protetor de forma mais delicada e em apenas um sentido.

Há também o protetor em spray, recomendado para partes do corpo com muitos pelos, mas a quantidade de sua aplicação é difícil de definir. Por isso, recomenda-se aplicar com spray de forma contínua, sem espalhar com as mãos.

Como se proteger do sol no verão! - Solunni

Um ponto curioso é que os fatores de proteção solar (FPS) não possuem uma grande variação de um para outro (um protetor com FPS 30 protege apenas 3% mais contra a incidência de raios do que o um protetor com FPS 15). O índice influi mesmo é na duração da proteção. Quanto maior o FPS, mais tempo estará protegido. Como cada tipo de pele possui um tempo diferente para a reutilização do protetor, os especialistas recomendam sempre repassar o filtro a cada duas horas.

Para aproveitar verão sem ter grandes problemas e surpresas, é necessário ficar de olho nesses pequenos detalhes de aplicação. E também na manutenção, porque mesmo os protetores que são resistentes à água perdem sua eficácia quando o corpo fica muito tempo exposto aos líquidos. Além disso, as pequenas fricções, como a troca de camisa ou deitar-se em uma tanga na praia, pode acabar retirando parte do protetor, e consequentemente, parte da proteção.

Como se proteger do sol no verão! - Solunni

Estando em férias na praia ou trabalhando na cidade, o importante é usar o protetor diariamente. Com o tempo, as menores exposições ao sol, com a pele desprotegida, acumulam-se e podem tornar-se casos sérios de queimaduras, ou até mesmo o câncer de pele. Proteja-se!

Fique atento também às nossas redes (Facebook e Twitter) para encontrar mais dicas sobre saúde e limpeza hospitalar!

Avaliação deste artigo